Cirurgia em cães: veja como preparar e tranquilizar o pet

17 de abril de 2018 Mundo Pet

Quando nosso companheiro de quatro patas está doente e precisa passar por um procedimento mais sério, a preocupação afeta toda a família. Mas o campo da cirurgia em cães está cada vez mais avançado e, nas mãos de profissionais bem preparados, oferece aos pets a chance de uma vida mais longa.

Para que uma cirurgia tenha sucesso, é preciso seguir com rigor as recomendações do veterinário para a preparação. Se todos os passos que precedem a operação forem seguidos da maneira correta, pet e tutor poderão ficar mais tranquilos e contribuir para o sucesso do procedimento.

Confira, a seguir, algumas dicas para preparar seu cão para uma cirurgia e tornar esse momento menos estressante para todos.

Faça exames pré-operatórios

Antes de submeter o pet a qualquer cirurgia, é importante realizar todos os exames solicitados. Eles ajudarão o veterinário a ter uma visão mais completa da saúde do cão e servirão como guia durante o procedimento.

Entre os exames que podem ser pedidos estão análise de sangue e ultrassom, para avaliar o estado de órgãos como rins e fígado, radiografias e checagem do coração e do pulmão.

Deixe o cão em jejum

O veterinário deverá recomendar que o pet seja colocado em jejum por pelo menos 12 horas antes de realizar a cirurgia. É essencial seguir as ordens e retirar do alcance do cão qualquer tipo de alimento e água, sem se deixar levar por seus pedidos. Alimentar o cão horas antes da cirurgia pode levar a complicações e é um risco que não vale a pena correr por apenas algumas horas de privação.

Dê banho

Um banho e uma tosa antes da cirurgia não são apenas questão de estética. Um cão que chega com os pelos limpos e curtos para uma operação correrá menos riscos de infecção.

Providencie roupa cirúrgica e colar elizabetano

Dependendo do tipo de cirurgia, o tutor deve providenciar, com antecedência, os acessórios de que o pet vai precisar depois da operação, como o colar elizabetano e a roupa cirúrgica. Esses itens são importantes para a recuperação e deverão ser usados logo após o procedimento, por isso, não se pode providenciá-los de última hora.

Não demonstre nervosismo

No dia da cirurgia, evite demonstrar seu nervosismo à sua mascote. Proporcione momentos felizes antes da chegada ao local onde será realizada a operação, oferecendo brinquedos e bastante carinho, e fique com seu amigo até o momento que o veterinário permitir, para que ele permaneça calmo.

Tire todas as dúvidas

Antes de confiar seu pet ao veterinário, tire todas as suas dúvidas. Questione qual anestesia será usada, quais os riscos da cirurgia e as possíveis complicações e entenda todos os cuidados que você deverá ter antes e após a operação. Um bom profissional compreende a preocupação dos tutores e estará disposto a esclarecer todos os pontos necessários para tranquilizar a família.

Escolha bem o local

É essencial ter confiança no veterinário que irá realizar a cirurgia e no local onde ela será feita. Uma clínica grande ou hospital veterinário são mais bem equipados e dispõem de mais recursos para atender seu pet.

Espaços como o LM Hospital Veterinário são os mais indicados para a realização de cirurgia em cães e gatos, pois oferecem a seu pet um atendimento mais especializado e uma quantidade maior de recursos em caso de emergências ou complicações.

Quer oferecer o melhor serviço de saúde para seu cão? Saiba quais outros cuidados você deve tomar ao escolher a clínica veterinária para ele!