Saiba quais são as principais doenças de cachorros filhotes

24 de outubro de 2018 Mundo Pet

Quando um cãozinho chega ao mundo, ele é exposto às mais diversas novidades, incluindo as indesejadas patologias. Dessa forma, conhecer quais são as principais doenças de cachorros filhotes é fundamental para tomar alguns cuidados, como precaução, reconhecimento dos sintomas e tratamento adequado para o seu filho de 4 patas.

Todo tutor deseja oferecer o melhor para o seu bichinho, incluindo uma boa alimentação, conforto e principalmente uma saúde de qualidade, para que ele continue por muitos anos ao seu lado. Assim, como cães novos não têm um sistema imunológico desenvolvido por completo, cuidar do seu filhote é indispensável.

Por esse motivo, separamos neste artigo alguns pontos relevantes sobre as doenças que mais atingem os filhotes. Vamos descobrir quais são elas?

Parvovirose

Essa é uma doença que atinge exclusivamente a espécie canina, sendo fatal em 80% dos casos. Os filhotes de até 6 meses são os mais atingidos, nos quais o vírus ataca o seu intestino, provocando diarreia com sangue, vômito e desidratação.

Para evitar a contaminação de outros cães, que ocorre por meio das fezes e secreções, é importante isolá-lo e começar o tratamento imediatamente, o que inclui a reposição de fluídos por meio da aplicação de soro na veia. Além disso, é possível utilizar soros hiperimunes, com anticorpos contra a doença, que aumentam as chances de recuperação.

Após contaminação, a cura depende apenas do organismo do cachorro e, se bem-sucedido, a doença não deixa sequelas. Para prevenir, a vacina polivalente deve ser aplicada no seu filhote, devendo ser reforçada todos os anos.

Cinomose

Essa é outra virose que provoca muitas mortes de cãezinhos. Atingindo órgãos como os pulmões, rins e o sistema nervoso central, entre os sintomas estão desde um corrimento nasal e secreção nos olhos, semelhante a uma gripe, até sintomas mais graves, como convulsões — que indicam um estágio mais avançado da doença.

O tratamento inclui o suporte ao cão, para que seu corpo destrua o vírus. A acupuntura é uma técnica utilizada que já demonstra resultados promissores em cães com cinomose.

Entretanto, se o cachorro sofrer danos neurológicos, esses são irreversíveis. Portanto, é fundamental se prevenir! Vacine seu cachorro a partir dos 45 dias e reforce a dose a cada ano.

Hepatite Infecciosa Canina

A hepatite é uma doença viral que atinge o fígado do seu bichinho. São diversos os graus dessa doença, sendo que ela pode desencadear desde uma febre, vômitos amarelados, paralisias e até convulsões ou morte repentina do cão.

O tratamento inclui a amenização dos sintomas, sendo que a cura depende da reação do organismo do cachorro. Como prevenção, vacinas contra hepatite infecciosa canina estão disponíveis e você deve aplicá-las!

Verminoses

Os vermes intestinais são as doenças de cachorros filhotes mais comuns, afetando principalmente aqueles que foram resgatados da rua. Entre os parasitas causadores dessas doenças, estão o Toxocara, Giardia, Ancylostoma, Dyplidium e Coccidia.

Os sintomas incluem diarreia e perda de peso, o que afeta o desenvolvimento do cãozinho e pode levá-lo à morte. No entanto, essas verminoses são muito fáceis de tratar, bastando o veterinário identificar o parasita e prescrever o antiparasitário mais adequado para o seu filhote.

Doença do carrapato

Esse parasita já é um velho conhecido dos tutores de cachorros. No entanto, além da coceira, ele pode transmitir algumas doenças, como a Babesiose, Erlichiose e a Febre Maculosa.

Entre os sintomas dessas doenças, estão: febre, sangramentos pelo nariz e anemia, além de machucados que não cicatrizam. O tratamento é realizado com o uso de antibióticos e imunossupressores e a prevenção inclui o uso de medicamentos contra carrapatos e dedetização do ambiente, o que deve ser feito rotineiramente. 

São diversas as doenças de cachorros filhotes que podem acometer o seu novo companheirinho. Portanto, ao adotar, não deixe de visitar um veterinário para fazer o checkup e receber orientações. Além disso, muitas dessas doenças são evitadas com a vacinação, então mantenha a carteirinha do seu filho de 4 patas atualizada! Dessa forma, você garante a saúde do seu cão e a sua tranquilidade, porque terá a certeza de que nenhuma patologia fará mal ao seu filhote.

Gostou do nosso post? Então curta a nossa página no Facebook e fique sempre por dentro dos melhores conteúdos!